segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

REENCONTRO


A felicidade percorre caminhos inexplicáveis. Pode chegar de mansinho e nos tocar de leve como brisa no primeiro embalo da natureza, ou intensamente, fazendo a vida palpitar e o coração alçar grandes voos.

Deixo-me transportar por este momento mágico do reencontro - riso estampado no olhar e de luz acompanhada, vou caminhando num delicioso torpor.

Longe muito longe visito o tempo, agarro o sonho perdido, a dor das saudades e os aromas esquecidos e abraço o mundo com as mãos recheadas de esperanças.

Tal qual celeste vento, sopro de ternura, a alma  tecida de felicidade , súbita e inesperadamente se irradia –  se transforma em encanto e eterna melodia.

Faço do teu olhar todo o meu espaço, no teu corpo minha morada e das tuas mãos recolho todas as carícias desejadas.

Amante, amada, amorosa e muda, no silêncio que paira , coração ajoelhado, em ti me mesclo e sigo o curso mágico do amor.


15 comentários:

  1. Suas palavras são um despertar maravilhoso, uma nova promessa, um retorno à felicidade. Que lindo!! Que possa viver esse reencontro, com as mesmas emoções, eternamente.
    Grande beijo!

    ResponderExcluir
  2. Reencontrar o amor e a felicidade...Lindo aqui! beijos, ótimo dia!chica

    ResponderExcluir
  3. Que a vida sempre traga o amor em caminhos cruzados para que ele se reencontre sempre em paz...beijos de bom dia.

    ResponderExcluir
  4. Reencontros assim tem o dom de transformar nosso dia e nossa forma de enxergar o mundo.

    ResponderExcluir
  5. Venho lhe desejar uma linda terça-feira, beijos com carinho e ternura, de sua admiradora
    Simone butterfly

    ResponderExcluir
  6. muito obrigada. fico muito feliz por ter gostado.
    uma excelente semana! um beijo.

    ResponderExcluir
  7. Um poema que acaricia a alma da pessoa amada. Muito terno. Agarre mesmo nos seus sonhos, pois a vida só é bem vivida quando alimentada de sonhos. Um grande abraço, minha querida.
    Ivana.

    ResponderExcluir
  8. São os bons reencontros que nos dão vida.....

    nos despertam...
    Beijo

    ResponderExcluir
  9. Eloah, ô minha fofura adoro suas palavras. Num tem como num ficar encantada contigo.

    Reencontro é sempre algo mágico, acho que quando reencontramos quem amamos os anjos tocam arpas e dançam ao redor de um terno abraço :)

    super beijokita com amor e carinho na sua bochecha!!!!

    ResponderExcluir
  10. ...e da ternura do reencontro as palavras ficam presas mas com tanta fome de nascer!
    E a magia do amor instala-se no peito, florescendo ventos que levam saudades!
    Lindo Eloah!
    E com a ternura da amizade, lembro o aniversário de uma linda amiga, a Leninha, a quem dediquei um post na reflexoesfloridas.bog....
    Terno abraço

    ResponderExcluir
  11. Boa noite minha linda e querida amiga!
    Tudo aqui me fascina...a sutileza das imagens,as nuances se delirando nas cores e vc nas escritas...aplausos sempre prá vc querida...
    bjs

    ResponderExcluir
  12. Bom dia, Eloah. Belíssimo poema, tal qual as imagens. Cada verso que eu lia conseguiu me emocionar de tal modo, que os meus olhos viraram rios.
    Lindo, delicado e verdadeiramente emocionante.
    Parabéns!
    Tenha um dia de paz.
    Beijos na alma.

    ResponderExcluir
  13. oi bom dia já fiz o post do meu amigo secreto confira no dihitt é esse mas o post lah no blog vou deixar os dois ai se comenta nos dois abraços clica para comentar no dihitt
    clica pra ver o poster completo no blog

    ResponderExcluir
  14. Eloah, tudo bem?
    Que lindo poema!
    Parece um recomeço a cada lampejo de felicidade, mesmo que breve, intensa ou não, mas um recomeço, uma (re)vida, oportunidade a mais de simplesmente viver!
    Grande beijo e ótimos dias :)

    ResponderExcluir
  15. Que divino isso:...

    "Amante, amada, amorosa e muda, no silêncio que paira , coração ajoelhado, em ti me mesclo e sigo o curso mágico do amor."

    Me apaixonei perdidamente por essa estrofe...

    Vou oferecer ao lindo e sublime amor da minha vida, que tanto me ajudou nesta encarnação, meu marido amado, a quem devo tanto... com a sua devida licença e dando os créditos desta divina deusa da poesia...

    Mais uma vez, muito emocionada...tocou profundamente a minha alma, o meu coração...

    Eloah, linda, divina...! um beijo no coração...

    ResponderExcluir

De fragmento em fragmento vou compondo a minha história.Obrigada por fazer parte desta historia.

Fragmentos

Fragmentos

Recomeço

Recomeço