quarta-feira, 18 de abril de 2012

Sentimento


Vens com a alma cheia de esperança.
Da vida trazes sonhos de inocência, rosas desfolhadas e a imagem do infinito.


Tens o encanto cheio de fulgor e a graça da canção eterna.


Gota cristalina, teu afago o carregas em tuas mãos cheias de caricias.


Trazes no olhar a alegria do sonho alado, a claridade das madrugadas e os intensos desejos, dispersos e insaciáveis.


Encanto-me.
Agarro-me ao tempo, me enrosco no impulso que faz do meu coração, surpresa, assombro, requinte, anseio e aspiração.


Posso sentir forte e pungente o despertar da felicidade fluindo intrépida como uma exploradora abrasada, capturando seu reino encantado.


Abro meus olhos e a felicidade ali permanece como um mantra pessoal a inundar minha alma e a enriquecer-se com a delicadeza de um sentimento pleno.

domingo, 15 de abril de 2012

Desencanto




Sou campo minado, sonhos desfolhados e ferida exposta. 

Na distância, a luz se extingue perdida na escuridão. Assento no caminho e quero eternizar o efêmero que teima em me abandonar.

Visito o tempo e o vento se ergue e se espalha - a alma se dobra e o universo parece dormir no silêncio que rola.

Da ausência trago apenas o sopro da saudade.

Da tua imagem sobrou o que tenho dentro de mim.

É... meu coração que insiste em te deixar ficar.



quarta-feira, 11 de abril de 2012

Uma grande perda



“ Acredito que a eternidade nos pertence desde sempre, pois dela viemos e para ela voltaremos. É muito bom saber que somos companheiros de viagem.”

Assim se definia esta guerreira , Blogueira, poetisa que nos deixou esta semana, mas sua luz e seus poemas ficaram como testemunho de sua alma alada e da ternura que seu coração irradiava.

Adeus linda poetiza que a tua luz ilumine o teu caminho em direção a Deus e a morada eterna.



terça-feira, 10 de abril de 2012

Palavras



Deixar fluírem as palavras é despejar sentimentos, é dar à vida espaço para caminhar com leveza e certeza de intenção.

É conforto que clareia os recantos sombrios, esgueirando-se dos medos, aplaca as ansiedades e reparte a solidão.

É brisa que acaricia, é vento solto, é chama acesa e gosto pela vida.

É aurora que passa, que veste e enfeita a vida  e, em eflorescência, se engalana.
É alma entusiasmada, doces confidências e sutis conexões que partilha e amarra sonhos.

Desperta emoções e elucida pensamentos que galopam e marulham dentro do coração.

Trás memórias, reencontros de tempo, fundos de instantes, turbilhão de imagens e, vez enquanto, leve como um passarinho alça voos, fecha os olhos e se faz felicidade.



“Pensamento, barulho de sentimentos,
Eterno ciclo da mente.” ( Eloah)

quinta-feira, 5 de abril de 2012

Páscoa



É Tempo de Páscoa, é tempo de...
"Tempo de meditar, de buscar, de agradecer, de plantar a paz.
Tempo de oração!!!
Tempo de abrir os braços, de abrir as mãos e de ser mais irmão.
Tempo de recomeçar!
Tempo de concessão, de compromisso, de salvação. Tempo de perdão.
Tempo de libertar, de libertação, de passagem, de passar...
Para onde? Para a luz, para o amor, para a vida que é eterna!
Tempo de Ressurreição"
( autor desconhecido)
Que a Páscoa seja um momento de reflexão!


Desejo também um
Bom Coelhinho! Não exagerem no chocolate, pois a balança é implacável.Bjs Eloah