segunda-feira, 29 de fevereiro de 2016

SENSIBILIDADE


Sensível e furtiva
A alma se assenta
Voa o espírito
Busca sua luz
Abrem-se redomas
Incorporam-se sonhos.
No místico embalo
Debruço- me
e
Em profundo devaneio
Bordo meus versos.