sexta-feira, 15 de outubro de 2010

POR TI



Por ti, eu me fiz atalho,
Vereda, aleia, margem de caminho,
Agreste, rota,
Que ao florir de sol se doura.

Por ti, eu me fiz estrela,
Esfera plácida que ilumina
Dá brilho e consome a vida.

Por ti, eu me fiz aragem,
Lento vento, doce brisa,
Volátil beijo e sutil desejo.

Por ti, eu me fiz mulher,
Embrulhei meus sonhos
Juntei-me a ti.

Dos sonhos me fiz poeta
Lira pura, serena prece,
Chegada e fim.

Por ti tornei-me espera,
Por ti me fiz amor.(E.W.N)


Um comentário:

De fragmento em fragmento vou compondo a minha história.Obrigada por fazer parte desta historia.

Fragmentos

Fragmentos

Recomeço

Recomeço