domingo, 23 de março de 2014

Senões


Borro a vida de senões
Deixo as certezas serem carregadas, pelo tempo em desalinho.
Tenho dúvidas!
Sou refém deste movimento de desaceleração.
Fecho-me na dor da minha solidão.
Estendo minhas asas, quero voar. Nem a lentidão do ato é capaz de me levar além.
Estou perdida nas minhas vontades.
Não escuto minha própria voz. O som se perde e se espalha no silêncio e se escora na esterilidade da alma
Sei que não é omissão, nem teimosia - é trégua, é tempo para deixar a vida se alinhar, curar – se, repaginar a história, para então expor a imaginação, reviver os sonhos e fazer do amor regresso.



9 comentários:

  1. Por vezes se fazem necessárias tréguas, deixar as coisas se acomodarem, pra depois voltar! LINDO! bjs,chica

    ResponderExcluir
  2. Muito verdadeiro.
    A gente às vezes necessita de pausas.

    ResponderExcluir
  3. Muitas vezes só necessitamos de uma palavra de conforto, de ânimo,
    de alguém que dedique um pouco do seu tempo para nós.
    E são nessas muitas vezes que encontramos nossos amigos virtuais!
    Hoje venho te abraçar pelo dia do amigo virtual.
    Você é benção na minha vida.
    Quero estar em sintonia contigo
    por muitos anos .
    Como muito carinho deixei um mimo na postagem,
    simples mais de todo coração.
    beijos te agradeço pela nossa amizade.
    Evanir.

    ResponderExcluir
  4. Olá, Eloha. Bom dia! Muitas vezes é necessário uma trégua. Uma reflexção que nos dê ânimo e assim continuar nosso dia a dia! Já passou o dia do amigo virtual, más deixo um grande abraço com muito carinho e paz no seu coração. Bjos e obrigada por partilhar querida poetisa!! Bom fim de semana.

    ResponderExcluir
  5. Eloah !!!! Como é bom te ler . Uma pausa para a renovação , uma pausa para a eternidade . E renascimento na camada da humanidade. Ás vezes é preciso nos recuperarmos em essência , buscarmos a nossa alma do fundo do nosso núcleo , e uma pausa para a reflexão nos faz retornar à vida . Além dos fragmentos percorremos caminhos e mais caminhos além dos fragmentos quando voltamos nos sentimos ainda mais fortes .

    Tenha uma semana de paz , querida Eloah !!!!

    ResponderExcluir
  6. Oi Eloah,

    eu estou exatamente neste momento. De tregua! deixando a vida acontecer.
    Muito lindo seu texto! Você o descreveu perfeitamente. O momento solitário de todo ser humano. Li e reli algumas vezes, me fez bem!
    obrigada. abs

    Leila

    ResponderExcluir
  7. Querida amiga Eloah!!

    Esse tempo, essa trégua, esse momento é o que nos faz mais fortes,para ressurgir em sentimentos profundos, sentimentos esses,
    que não nos firam,não nos magoe. Boa noite,minha querida.
    beijos

    ResponderExcluir
  8. Oi Eloah,

    Um texto que nos faz pensar, e nós da uma empurrada. Eu ando um pouco assim... Perdida nas minhas vontades.
    Gostei muito da leitura!
    Desde ja desejo uma excelente páscoa a você e todos os teus.
    Um abraço com carinho!
    Ótima semana!

    ResponderExcluir
  9. Eloah querida, acabei de ler um poema que me fala à alma. "A beleza do recomeço......" Tudo lindo. Desapareci por causa de uma depressão que me tirou a vontade de fazer qualquer coisa. Agora recobrei minha vida!!!!! E viva ela!!!! Beijos!

    ResponderExcluir

De fragmento em fragmento vou compondo a minha história.Obrigada por fazer parte desta historia.

Fragmentos

Fragmentos

Recomeço

Recomeço