quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013

Deixe-me



Deixe- me perceber a vida calada, assombrada e admirada, para margeá-la de esperanças e fundi-la no silêncio impenetrável da alma.

Deixe-me explorar as acres brisas das noites e a beleza sombria e incongruente da terra mergulhada na névoa, para fazer deste atalho  uma nova direção.

Deixe-me esquivar do susto, do medo, do sono e do tédio que existe e ferve dentro de mim para que eu me reconheça.

Deixe-me dar passagem a desfocada imagem dos afetos escorregadios que buscam alcançar-me  para travar um novo diálogo com a vida.

Deixe-me de pé na janela emprestar ao meu olhar o deslumbramento em direção à luz do mundo para encantar-me com o desabrochar e a libertade.

Deixe-me reter os sonhos, as bandeiras moldadas e idealizadas, os aplausos e os deslumbrantes voos da imaginação, para que no arrebatamento possa sentir a mágica perfeita do amor.

Deixe-me prostrar em oração para  fazer da prece benfazeja  o  agasalho contra as intempéries da vida que haverão certamente de vir .


Enfim, deixe-me ser feliz!


21 comentários:

  1. Amiga Eloah!!

    É maravilhoso seu poetizar,uma sensação de esperança,uma certeza de que ser feliz é só uma questão de se permitir ser.
    Querida,amiga,Parabens por mais esse poema tão lindo.
    Um carinho

    vera portella

    ResponderExcluir
  2. Lindo texto! Um primoroso despejar do coração...

    ResponderExcluir
  3. OI ELOAH!
    LINDO!
    FICOU UMA ORAÇÃO DE TÃO BONITO.
    ABRÇS
    http://zilanicelia.blogspot.com.br/ClickAQUI

    ResponderExcluir
  4. Que lindo Eloah!
    Uma oração poetizada, adorei, puro encantamento.
    Você é maravilhosa, seu poetar é calante para a alma, alegria par ao
    coração e música para nossos ouvidos.
    Adorei, beijinhos e muito obrigada por seu carinho em nosso blog.

    ResponderExcluir
  5. Minha tão querida amiga,
    Não me admira dessa pressa de usufruires o silêncio que faz parte de ti, dessa necessidade de usufruires a paz que te leva para voos mais altos, dessa liberdade que condiciona a vida e que por vezes aprisiona os pensamentos.
    A suavidade das tuas palavras, na sempre eterna melodia das tuas palavras sempre especiais.
    Um grande e terno abraço, Eloah

    ResponderExcluir
  6. Um pedido mágico, traduzindo a magnitude do desejo de felicidade. Você sensibiliza com suas palavras. Bjs.

    ResponderExcluir


  7. Lindo, amiga!
    Você arrasa em suas construções poéticas.

    Beijo.

    ResponderExcluir
  8. Deixe-me reter os sonhos, as bandeiras moldadas e idealizadas, os aplausos e os deslumbrantes voos da imaginação, para que no arrebatamento possa sentir a mágica perfeita do amor...........maravilhosso !!!
    Un abraço
    Isabel

    ResponderExcluir
  9. Muito lindo e que seja a "prece benfazeja, o agasalho que nos cubra à todos de felicidade.A sensibilidade é magica aqui.Um grande abraço amiga,

    ResponderExcluir
  10. Olá, Eloha. Que maravilha poder chegar até aqui! Desculpe amiga a falta. Probremas de conexção! Hoje estou muito feliz e cheia de emoção. Um maravilhoso poema! Chega a ser tocante á mágica do amor. Esse desejo de felicidade que brota da alma. Estava com muita saudade! Adorei as fotos praianas e tudo aqui. Bjo grande no seu coração e obrigada pelo carinho sempre! Bom domingo.

    ResponderExcluir
  11. É inalienável, o direito à liberdade, para que se alcance a tão desejada felicidade.
    Toda essa verdade, foi encantadoramente dita, numa forma suave de poesia...Que lindo!
    Um beijo, amiga, um domingo bem feliz!
    Lúcia

    ResponderExcluir
  12. Muito bonito, diria que é uma oração, uma súplica à felicidade. Lendo seu poema é que vejo como é bom termos muitos momentos nossos, estarmos sozinhas numa única companhia: a nossa. Nada sai do fundo, tão verdadeiro em meio à multidão. Vejo, esse, como um poema do silêncio.

    Beijos, amiga!

    ResponderExcluir
  13. Um apelo emocionante em busca da felicidade...

    Beijos

    ResponderExcluir
  14. Deixa-me encantar com a tua Poesia e debruçar-me na tua janela à procura de sonhos perdidos...
    Maravilhoso poema.
    Beijos
    Graça

    ResponderExcluir
  15. Mais um lindo poema!
    Uma oração por assim dizer!
    Um pedido que será atendido :)
    Beijus,

    ResponderExcluir
  16. Nice post I'm your new follower.
    http://ancinetwisdom.blogspot.ro/

    ResponderExcluir
  17. ELOAH,

    sou seu mais novo seguidor.

    Acrescentar nada, mais nada, absolutamente nada a este seu texto que me anima a continuar visitando blogues e tentando encontrar o que encontrei aqui, obrigado!
    E convido que você me honre, visitando um dos meus blogues que é o único que não é de humor, além dos outros três:FALANDO SÉRIO.

    Quem sabe você até goste?

    Um abração carioca.

    ResponderExcluir
  18. .




    Quisera eu, areia dos olhos
    ressecados, ficar e mudar o
    giro apressado do mundo. Qui-
    sera eu lamber teus pés da
    mesma forma que tu, mulher de
    todas as luas, quando na cres-
    cente fazes questão de lamber
    os meus...
    Quisera eu poder ficar e não
    ter que ir. Quisera eu deitar
    no teu colo e sob os teus be-
    los seios olhar o teu rosto
    para só nos teus olhos admi-
    rar e entender o porquê das
    fases da lua.

    silvioafonso








    .

    ResponderExcluir
  19. Querida Eloah
    Há tanto tempo que não me faz uma visita! Espero que esteja bem.
    Este seu poema,introduzido por uma bela imagem, é o que Aristóteles chamaria de uma obra de arte. E isto porque há uma unidade na ação-aautora pretende atingir um fim;porque há clareza e nobreza de elocução;há metáforas e muita riqueza de adjetivação; há variedade:«deixe - me perceber a vuida,explorar as acres brisas,esquivar do susto,dar passagem à desfocada imagem dos afetos, emprestar o deslumbramento,reter os sonhos,prostrar em oração».Quer «travar um novo diálogo com a vida» e «ser feliz» Tem personificações, tem proporção,enfim é um maravilhoso poema.
    parabéns e obrigada pela partilha.
    Tenha um bom domingo e, se lhe sobrar um tempinho,faça-me uma visita.
    Beijinhos da
    Beatriz

    ResponderExcluir

De fragmento em fragmento vou compondo a minha história.Obrigada por fazer parte desta historia.

Fragmentos

Fragmentos

Recomeço

Recomeço