quinta-feira, 13 de dezembro de 2012

Ingenuidade


A ingenuidade permanece em nós arraigada na sua imaculada aspiração de sonhar com a felicidade desejada.

Pobre, modesta e límpida virtude.!Nem seus passos brandos, nem sua ânsia são capazes de fazê-la permanecer intacta no bojo do abrigo que para si criou.

A vida e suas singularidades vãi levando e corroendo com descaso as bordas que servem de apoio para enfrentar as adversidades.

Não somos perfeitos.
A caminhada alia-se a realidade conspiradora - dura coadjuvante a despeito do recato, da beleza e da singeleza dos sentimentos da alma.

 Remexe , suga, desloca, agita e muitas vezes, acalma, abranda e sossega os sonhos.

Funde-se a desesperança, perde-se até o brilho na jornada, mas jamais a desilusão fará da marcha a apatia que impedirá a evolução, o aprendizado e as lições que a vida dá.



9 comentários:

  1. Lindo amiga! Como escreves diretamente aos nossos corações, obrigada por compartilhar seu dom conosco. Felicidades sempre! Imenso abraço, Aline Carla.

    ResponderExcluir
  2. Penso que o objetivo com que escreves é cumprido, pois a paz invade o meu coração decada vez que aqui venho e leio aquilo que nos escreves...
    beijo amiga e um bom fim de semana

    ResponderExcluir
  3. Lindo minha amiga. Ao longo da nossa jornada pela vida devemos ter sempre a alma aberta para saber perder e ganhar. Como a minha próxima semana vai ser muito dificil em termos profissionais, e como não sei se terei tempo de passar pelas casas virtuais dos amigos, passo hoje especialmente para desejar um Natal muito Feliz. Que a Luz e o Espírito de Amizade, Fraternidade e Amor do Natal, consigam prevalecer no coração dos homens, ao longo de todos os dias do ano, para seja sempre Natal.
    Beijinhos
    Maria

    ResponderExcluir
  4. Olá, Eloha. Saudades dos seus belos poemas!! Desculpe a falta! Problemas de conexção e saúde. Espero que tudo se resolva breve! Hoje aqui estou e muito feliz. Vejo aqui, uma linda e clara forma de retratar a vida com maturidade e sentimento profundo. há sempre muita verdade e emoção na forma com que escreves! Obrigada por partilhar! Deixo um grande abraço carinhoso e muita paz no seu coração!! òtima semana.

    ResponderExcluir
  5. ...e é esta ingenuidade que devemos buscar em nosso interior, que devemos resgatar a qualquer preço sob pena de, sem ela,nos tornarmos meros fantoches sem alma e sem ilusões.
    Minha querida Eloah, sempre encontro a beleza e a leveza em teus escritos...agora deparo com um terno coração de criança.
    Parabéns, amiga!

    Bjssssss,
    Leninha


    Um Natal muito feliz, repleto de ingenuidade e infância...nos sonhos, nas cores e na alegria!

    ResponderExcluir
  6. Eloah,

    Lindo! A ingenuidade é a pureza de coração. As agruras da vida nos maltratam, aprendemos com a vida. Mas mesmo assim não podemos esmorecer e deixar de sonhar. Obrigada por teus lindos comentários. Eles me deixam muito feliz.
    Beijos de luz.

    ResponderExcluir
  7. Olá vi um fragmento seu na Zil e me encantei.
    Muito lindo o teu blog

    Parabéns e já te seguindo
    Debby :)

    ResponderExcluir
  8. Quando a ingenuidade se alia à pureza dos corações
    nasce a lealdade para consigo e com os outros. Porque não há fingimentos,
    tudo é brilhante no nosso mundo interior,refletindo nosso estado de alma nos
    olhos dos que nos lêm!
    As tuas palavras são isso: a tua verdade e sinceridade
    Terno abraço minha amiga

    ResponderExcluir
  9. Querida Eloah
    O seu poema é belíssimo e oxalá todos construíssem as suas vidas com base na simplicidade.Que bela tela!
    Devemos ser simples. «Viver com simplicidade é mais do que um acto de virtude.É também um acto de inteligência. A simplicidade veste a pessoa de simpatia e torna-a bastante agradável aos olhos dos que a cercam. A sua presença é bem comentada em qualquer lugar,em qualquer meio,onde quer que esteja.Uma pessoa simples tem o privilégio de atrair a si muitos e bons amigos,tal é o poder de influência que a simplicidade tem. Só os simples são agradáveis aos olhos de Deus», diz J.S.Nobre.
    Para mim, ingenuidade é sinónimo de simplicidade.
    Uma ótima 6ª feira.
    Beijinhos da
    Beatriz

    ResponderExcluir

De fragmento em fragmento vou compondo a minha história.Obrigada por fazer parte desta historia.

Fragmentos

Fragmentos

Recomeço

Recomeço