domingo, 9 de setembro de 2012

Ausência



Farei da ausência um refúgio e da dor da espera a promessa de uma beleza silenciosa.

Terei o tempo no abismo que margeia, sem movimento, sem pressa e um amor tão grande como o universo.

Ouvirei teu riso e verei o afeto escondido, esmagado e doído a transbordar desejos e inundar-se de sentimentos e sensações.

 Solitária, segurarei o grito da angustia, o clamor das saudades, a poesia no coração e os sombrios pensamentos a escorrer e agigantar-se na escuridão da alma.

Aprenderei que o que quer que aconteça as estações mudam,   vida se organiza, as lágrimas não são perdidas e a festa ainda está para acontecer.


21 comentários:

  1. A festa ainda pode acontecer...Isso é esperança.Ir em frente!! Lindo! beijos,chica

    ResponderExcluir
  2. Também espero sem pressa, pois a qualquer momento meu caminho encontra o dele*
    Ele existe "mas à distância e eu quero sentir sua mão me cuidando...
    A escuridão da alma eu não quero sentir, Eloah.
    Beijinho, que tenhas uma boa semana de paz e muita saúde.

    ResponderExcluir
  3. Até mesmo essa ausência pode ser remetida a bons sentimentos...a sonhos que ficaram a se completar....beijos amiga e uma bela semana pra ti.

    ResponderExcluir
  4. Boa noite, querida amiga Eloah
    Podemos aprender sempre com as coisas que nos acontece, seja na alegria ou na tristeza, acredito que DEUS nos dá sempre essa oportunidade oportunidad de aprendizado. Tens um coração muito lindo, cheio de amor! Obrigada pela visita, estava com saudades, bjs

    ResponderExcluir
  5. Uma bela terça feira pra ti minha amiga,,paz carinho e flores....beijos e beijos...

    ResponderExcluir
  6. Minha querida

    Hoje passando para oferecer o meu selinho de 3 anos de blogue,uma fatia de bolo e uma taça de champanhe e agradecer o vosso carinho que foi o que me fez chegar aqui.

    Um beijinho com carinho
    Sonhadora

    ResponderExcluir
  7. A cada dia que nasce encontraremos mil motivos, para apagar o que foi ruim e descobrir que mesmo em um dia nublado, a nossa felicidade só estará encoberta, por que ela faz morada dentro de nós mesmos.Só teremos que vivenciá-la.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  8. Lindo! E ainda fecha com uma lição de otimismo e esperança!
    Te aplaudo, amiga, como sempre.
    Grande beijo.
    Tais

    ResponderExcluir
  9. Boa Tarde Amiga.
    Hoje venho agradecer o carinho deixado no meu blog pelo meu aniversário.
    Agradeço a Deus por ter sua amizade e carinho muito tem me ajudado a romper
    muitos momentos difícil pelo qual tenho passado.
    A amizade é tudo nesses momentos conhecemos o carinho da amizade Sincera.
    Beijos no seu coração.
    Meu eterno agradecimento,Evanir..

    ResponderExcluir
  10. .


    Ah, esse perfume que eu
    não sei se é teu ou da
    tua poesia...
    Esse perfume que me toma
    por inteiro e eu, bobo,
    menino ainda, sonhando
    em ser alguém, quem sabe
    um passarinho para entre
    as tuas letras descobrir
    que do canto eu sou capaz
    ou a forma para ali,
    refazer meu ninho.

    Parabéns pela iniciativa
    de toda vez.

    Beijos,

    silvioafonso





    .

    ResponderExcluir
  11. A saudade, certamente, é das mais belas musas inspiradoras...Linda poesia!
    Um carinhoso beijo, Eloah,
    da Lúcia

    ResponderExcluir
  12. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. .


      Eloah, desculpe o nervosis-
      mo, mas...
      O que faria você se o amor
      da sua vida saísse de casa
      bem cedo, trabalhasse como
      um louco, amasse você como
      poucos, mas quisesse para si o
      melhor da festa?

      Saiba mais detalhes na minha
      postagem de hoje.

      Beijos,

      silvioafonso






      .

      Excluir
  13. ...e que venha a festa, que venha o riso(e algumas vezes o pranto, por que não?),que venha a beleza e a ternura da vida...

    ...que venha a nova estação, as flores, os frutos, os aromas e os sabores...

    ...que venha o encanto, a ilusão, os sonhos e os devaneios...

    ... nossas mãos e nossos corações estarão abertos para recebê-los...e à vida, plena de cantos, allegros e intermezzos.

    Bjssssss, minha querida Poeta,

    Leninha

    ResponderExcluir
  14. As lágrimas não são, de fato, perdidas, quando representam sensibilidade e não tormento. Ausências nos trazem espera. Se fundadas em real esperança, serão sempre belas. Você constrói melodiosamente suas postagens. E são mágicas suas palavras. Bjs.

    ResponderExcluir
  15. É sempre uma eterna magia le~te Eloah!
    Uma dança quieta que se faz inquietamente neste espécie de estado de permanente
    de esperança, num louvor aos silêncios que circundam os teus estados de alma.
    O meu carinhoso abraço querida e terna amiga

    ResponderExcluir
  16. Que gostoso passar por aqui!!!


    bjs meus

    Catita

    ResponderExcluir
  17. Olá querida
    Fazer da ausência refugio,será penoso talvez...
    Mas a espera enleada na esperança,torna o coração forte.
    Lágrimas fazem arder,mas se enchugam por elas próprias.Calam-se mágoas, ensaiam-se risos.
    Mas a promessa da chegada não é vã,e a felicidade de tão ansiada apenas capricha em demorar...

    Para a Eloah um abraço.
    ( O seu blog está cada vez mais bonito e valoroso)

    ResponderExcluir
  18. Um maravilhoso final de semana pra você minha amiga querida,,,paz,,,poesias e muitas flores pra desejar um belo final de semana,,,,,beijos e beijos e obrigado pelo carinho lá no Livro.

    ResponderExcluir
  19. Olá, amiga! É tão boa sua presença, em forma de comentário, no meu blog! É tão bom seguir a trilha da sua ternura e chegar aqui para aliviar as tensões diárias com textos tão pertinentes e uma música tão suave e terapêutica! Obrigada por exisitir!Um domingo maravilhoso!

    ResponderExcluir
  20. .



    Deixou que tocasse duas,
    três, um milhão de vezes.
    Atendeu para ganhar o
    direito do beijo. Um entre
    tantos que viriam como
    as doces palavras ditas
    no sopé do seu ouvido.
    Depois se olharão nos
    olhos e farão as promessas
    para na cama deixar ficar
    os corpos que suarão,
    arderão em febre, em fogo,
    em grandes e eternos
    gozos, de prazer e
    sublimação.

    silvioafonso







    .

    ResponderExcluir

De fragmento em fragmento vou compondo a minha história.Obrigada por fazer parte desta historia.

Fragmentos

Fragmentos

Recomeço

Recomeço