segunda-feira, 25 de junho de 2012

Anoitece



Preencho o tempo à espera do rumor da aragem que inunda a lua de sombras e traz o perfume da terra mãe que renasce ao tom da nova estação.

E... como é suave o vento que arrepia e me enlaça conduzindo o frescor do fim de tarde.

Posso sentir o fluxo do ar noturno desprendido do sol que invade a natureza e imerge no meu mundo.

Irresistivelmente, o giro eterno, translúcido, na mansidão que rola, abraça as sombras e das nuvens tomba.

Desmaiadas as cores, o céu se veste de festa, e escurece.

Deslumbrante a lua se espraia pela escuridão como um tapete espargindo raiados pontos de luz.

Soltas, aladas, miragens infinitas, as estrelas pairam suspensas e se alastram pelo infindo espaço numa trama de um rendilhado etéreo e brilhante.

Curvo-me diante desta beleza eterna que me surpreende e comove com suas proporções  inverossímies e permanentes.

 A beleza me esmaga e me vence entre as asas da luz e ondula pelo meu rosto em graça fluente e benfazeja.

A natureza feiticeira, em belo espetáculo adorna-se  e nos presenteia neste belo cenário que dá  a vida, feitiço e magia.


27 comentários:

  1. Olá, amiga!
    A natureza é DIVINA mesmo! Que bela inspiração ela lhe proporcionou, escrevendo versos cheios de encantos, que delícia! Obrigada, minha querida, pela sua amizade e comentários sempre tão sensatos. Uma ótima noite, e semana, bjo

    ResponderExcluir
  2. Um momento eternizado nesse belo e sensível poema!
    Nesse verso você afirma que
    "A natureza feiticeira, em belo espetáculo adorna-se e nos presenteia neste belo cenário que dá a vida, feitiço e magia." Mas você também nos presenteia com este belo poema.

    ResponderExcluir
  3. Amiga Eloah,

    Feiticeira,você me encantou,fada dos versos e da magia da natureza.Teu canto de sereia chegou até o mais íntimo de meu ser...cativa quedei
    ao vislumbrar tamanha beleza.

    Bjsssssss,
    Leninha

    http://leninha-sonhoseencantos.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. A noite e a menina lua que quando chegam nos revelam os mais belos mistérios da escuridão dos sentimentos...beijos de bom dia pra ti amiga.

    ResponderExcluir
  5. Boa tarde, Eloah. Magia essa a da Natureza. Ela nos envolve em cada estação, no céu brilhante, na escuridão das nuvens em dias chuvosos, e os elementos que compõem o céu tão lindamente!
    Versos lindos que nos envolvem com tamanha graciosidade escrita por ti.
    Um beijo na alma, e fique com Deus, suave amiga!

    ResponderExcluir
  6. Querida, eu estou bem, obrigada pela preocupação. Não posso deixar de falar do outro lado da vida, e isso é um fato.
    Sempre defendo a dualidade de sentimentos retratadas numa poesia, texto, enfim.
    Senti a sua falta na postagem "TERRA".
    SE QUISER, DEIXE O SEU COMENTÁRIO!
    Sempre gostei da sua presença!
    Beijos na alma, e fique com Deus!

    ResponderExcluir
  7. OI ELIAH!
    COMO BEM DIZES NESTE PRIMOR DE TEXTO, A NATUREZA É FEITICEIRA, BASTA VERMOS AS INSPIRAÇÕES ENCANTADAS QUE LEVA OS POETAS AS NOS BRINDAR...
    ABRÇS

    zilanicelia.blogspot.com.br/
    Click AQUI

    ResponderExcluir
  8. Olá Eloah, desejo que tudo esteja bem contigo!

    E nós seus amigos somos abençoados, admirar esta natureza e sua magia encantadora, e também os escritos de alguém que admira esta tão encantadora natureza, e compartilha com os amigos tão belos versos, de expressivos pensamentos sentidos, Parabéns por tão encantador texto. E grato por tuas visitas e amizade deixo meu desejo que você e todos tenham um viver deveras intenso de felicidade, abraços e até mais!

    ResponderExcluir
  9. Eloah, a magia da noite fez você nos presentear com palavras belas...a natureza feiticeira te enfeitiçou de um jeito gostoso.
    Bom demais te ler.
    Parabéns.
    Beijos com carinhos meus.

    ResponderExcluir
  10. "Curvo-me diante de tanta beleza...*a Natureza é a Grande festa da Vida*...
    .*)
    Me inspirei e no próximo post vou homenagear a nossa Mãe Natureza;
    beijinhos, amiga querida.
    Mery*

    ResponderExcluir
  11. Descreveu com sabedoria e sentimento a beleza que o anoitecer nos traz. Em todas as estações, há rara beleza na movimentação que se processa na natureza. E nos curvamos a ela, ao seu encantamento sublime, à inspiração que nos proporciona. Grande beijo!

    ResponderExcluir
  12. Eloah, os ricos detalhes foram suficientes para me levar ate lugares incriveis: "Desmaiadas as cores, o céu se veste de festa, e escurece." Então, pude ver um jardim tão belo regado de cores diversas, num entardecer que pintava o ceu de rosa antes de escurecer!

    BEIJOS

    ResponderExcluir
  13. Boa tarde, amiga. Geralmente eu escrevo o que vivo ou vivi.
    Vez em quando falo sobre outra pessoa, ou observo a vida
    e dela falo, as pessoas no geral, ou sentimentos que todos
    estão sujeitos a passar.
    Já vivi muito das minhas escritas tristes, assim como vivo as
    felizes, faz parte da vida!
    Amei os seus comentários!
    Um beijo na alma, e fique na paz!
    OBS:Adoro a sua delicadeza.

    ResponderExcluir
  14. Oi Eloah,

    gosto de ler os seus posts e viajar nos seus vôos. Vejo uma mulher madura, tranquila, que sabe o que quer e como quer. vejo uma mulher pronta, absoluta, completa.

    Lindo!

    Beijos amiga

    Leila

    ResponderExcluir
  15. Olá querida amiga,
    Estou voltando, depois de um período afastada por conta de doença na família.
    Já estava com muitas saudades de vocês todos, meus amigos queridos.
    Mas cá estou eu, de novo no teclado e na telinha.
    Adorei seu texto, querida!
    O descrever da noite caindo e avançando ao morrer do dia é de uma poesia ímpar. Verdadeiro poema de amor à bendita natureza
    oferecida a nós, simples criaturas, por um Pai Todo Poderoso.
    Grande e afetuoso beijo em seu coração.
    Maria Paraguassu.

    ResponderExcluir
  16. Oi Eloah!
    Vim agradecer-lhe a sua visita, e dizer-lhe que gostei muito do seu blog
    também, aqui tudo é lindo!
    Natureza...que presente maravilhoso que Deus nos ofertou,
    fico emocionada diante de tamanha beleza!
    E também pela sua sensibilidade em descrevê-la tão lindamente.
    Um grande abraço!
    Mariangela

    (Se não se importar eu vou te seguir!)

    ResponderExcluir
  17. Linda e romântica homenagem à natureza!
    Te aplaudo.
    Grande beijo.
    Tais

    ResponderExcluir
  18. Minha querida Eloah,

    Vim reler-te e de novo me encantar com teu blog e esta linda melodia que amo...e convidar-te a visitar o meu outro blog:
    http://leninha-sonhoseencantos.blogspot.com

    Será um prazer vê-la por lá,lendo minhas Memórias de Menina.

    Bjssssss,
    Leninha

    ResponderExcluir
  19. Boa noite, Eloah. Passei para ver se havia postado, e deixo um beijo grande para você!
    Fique com Deus!

    ResponderExcluir
  20. Vinha lendo as doces postagens, sem comentar...hoje, reli, tendo ao fundo essa suave música,
    que nos envolvem mais nas palavras, que parecem bailarinas, orientadas por exímia coreógrafa...

    Tenha uma linda noite, seguida de um prazeroso domingo.

    Beijinhos, Eloah querida,
    da Lúcia

    ResponderExcluir
  21. Aqui tudo tem uma conotação que faz o diferencial,com um conteúdo fenomenal...
    A lua sempre a sorrir com tamanha beleza das suas palavras,formando um lindo poema...
    bjs minha flor !

    ResponderExcluir
  22. "... a natureza feiticeira...", sim, sim.
    Feiticeira também é a autora.
    Maravilha de feitiço.
    Maravilha de poesia.

    ResponderExcluir
  23. Oi Eloah

    Rendida pelas belezas do universo você se faz de canal e as transpõe em versos, eternos, sublimes, belíssimos.

    Alguns são imprescindíveis, às belezas, você é uma dessas pessoas! A beleza clama pelo olhar e o coração do artista!

    Beijo

    ResponderExcluir
  24. .


    Quero fazer uma postagem
    para você, mas preciso de
    detalhes.
    Entre em contato comigo por
    email, por favor.

    Beijos.

    silvioafonso






    .

    ResponderExcluir
  25. "Perfume de Anjo" Peito aberto pra vida.... não morreram!

    BIA

    ResponderExcluir

De fragmento em fragmento vou compondo a minha história.Obrigada por fazer parte desta historia.

Fragmentos

Fragmentos

Recomeço

Recomeço