quinta-feira, 3 de novembro de 2011

SAUDADES


Sou campo minado, sonhos desfolhados e ferida exposta. 
Na distância, a luz se extingue perdida na escuridão. 
Assento no caminho e quero eternizar o efêmero que teima em me abandonar.
Visito o tempo e o vento se ergue e se espalha - a alma se dobra e o universo parece dormir no silêncio que rola.
   Da ausência trago apenas o sopro da saudade.
Da tua imagem sobrou o que tenho dentro de mim.
É... meu coração que insiste em te deixar ficar.


31 comentários:

  1. Lindo Eloah!
    A fala do coração é diferente da razão. (sorrio)
    Abraço de um blogueiro navegante.

    “Para o legítimo sonhador não há sonho frustrado, mas sim sonho em curso.” (Jefhcardoso)

    Convido para leia e comente “O XONGAS” em meu blog http://jefhcardoso.blogspot.com
    Caso goste do blog, conto com o seu voto nessa segunda fase do Top Blog. Obrigado!

    ResponderExcluir
  2. Infelismente não existem antidotos para essa dor que se chama saudade! beijos carinhosos, tenha uma abençoada quinta-feira!

    ResponderExcluir
  3. Tem coisas que não saem do coração de jeito nenhum, o melhor é tê-las como boas lembranças, bons sentimos, assim a vida fica mais leve. Um final de semana cheio de paz e alegria. Um forte abraço!
    Ivana-Reserva de Emoções

    ResponderExcluir
  4. Feliz aquele que se aventurar a andar pelo campo minado de seu coração...

    ResponderExcluir
  5. Enquanto o coração afaga as lembranças, a saudade não vai embora. Mas temos sempre a certeza de que, enquanto ele a alimenta, os sentimentos continuam vivos. A delicadeza com que expõe emoções e sentimentos é sempre encantadora.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  6. O bom da saudade é que ela nos permite reviver momentos bons que vivemos mas que ficaram guardados no coração!!!

    Bjinho

    ResponderExcluir
  7. Olá Eloah!

    Saudade é o que fica de quem não ficou, é aquilo que resta do que não restou e pode inspirar bons escritos, como esse seu.

    Um abração.

    ResponderExcluir
  8. Lindo demais, querida...

    Emoções tristes mas liricamente escritas...quanta poesia na tristeza...mas dizem que as melhores poesias são feitas na hora mais escura da nossa alma, antes do alvorecer...

    Também amei:

    " Amei esse passo estranho que abraço, na prece que envolta comigo permanece. Calcei meus sapatos, andei com as estrelas, defendi a imagem sonhada, olvidada e-vivi."

    Que lindo isso...não tinha lido..."calcei meus sapatos, andei com as estrelas..."

    Beijos calçados com sapatos, porque eu também quero andar com as estrelas...

    Liz

    ResponderExcluir
  9. Que lindo Eloah!!!

    ... Da ausência trago apenas o sopro da saudade.
    Da tua imagem sobrou o que tenho dentro de mim.
    É... meu coração que insiste em te deixar ficar

    Belíssimo!!! Beijos

    ResponderExcluir
  10. Minha linda e querida poetisa, não sei se vc viu, mas já coloquei o presente de niver lindaço que vc me deu na página Carinhos :)

    Saudades a gente tem só do que foi bom, isso é sinal de que valeu a pena.

    bjokitas recheadas de carinho :)

    ResponderExcluir
  11. Olá Amiga!È sempre muita emoção ler seu belo poema.Calcei meus sapatos e andei com as estrêlas! Belissimo Eloah!!! Dá vontade de ficar por aqui. Há essa saudade!!!!! Bjos com carinho.

    ResponderExcluir
  12. Saudade de belos versos,,,de tão inspirador sentimento e que alimenta a esperança apesar do corte profundo na alma...beijos de bom final de semana.

    ResponderExcluir
  13. Oi, Eloah...

    Magnífico Poema!
    Forte, "Sou campo minado, sonhos desfolhados" [...]Sôfrego, "trago apenas o sopro da saudade." [...] Sublime "É... meu coração que insiste em te deixar ficar.", Lindo!
    Bom Fim de Semana,
    Bj,

    ResponderExcluir
  14. Olá, desculpe invadir seu espaço assim sem avisar. Meu nome é Nayara e cheguei até vc através do Blog A Poética de Cibele Camargo. Bom, tanta ousadia minha é para convidar vc pra seguir um blog do meu amigo Fabrício, que eu acho super interessante, a Narroterapia. Sabe como é, né? Quem escreve precisa de outro alguém do outro lado. Além disso, sinceramente gostei do seu comentário e do comentário de outras pessoas. A Narroterapia está se aprimorando, e com os comentários sinceros podemos nos nortear melhor. Divulgar não é tb nenhuma heresia, haja vista que no meio literário isso faz diferença na distribuição de um livro. Muitos autores divulgam seu trabalho até na televisão. Escrever é possível, divulgar é preciso! (rs) Dei uma linda no seu texto, vou continuar passando por aqui...rs





    Narroterapia:

    Uma terapia pra quem gosta de escrever. Assim é a narroterapia. São narrativas de fatos e sentimentos. Palavras sem nome, tímidas, nunca saíram de dentro, sempre morreram na garganta. Palavras com almas de puta que pelo menos enrubescem como as prostitutas de Doistoéviski, certamente um alívio para o pensamento, o mais arisco dos animais.



    Espero que vc aceite meu convite e siga meu blog, será um prazer ver seu rosto ali.

    http://narroterapia.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  15. Boa tarde, Que seus dias sejam doces e cheias de poesias! beijos carinhosos

    ResponderExcluir
  16. Um encanto de palavras!
    Bjs, amiga!
    Fico feliz em ler.

    ResponderExcluir
  17. "As estrelas fazem-me lembrar dos que se foram...
    saudades plantadas no infinito"...
    Lindo teu escrito Eloah. Parabéns! Gosto da tua inspiração... É sempre bom estar aqui.
    Aproveito para te desejar um bom fim de semana!
    Meu carinho,
    Rosana

    ResponderExcluir
  18. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  19. Eloah,
    “Eternizar o efêmero”, mania de humanos! O Universo é indiferente diante as sensações saudosistas; elas, vezes são dores, outras, amenas. Li certa vez e achei bonito que saudade é o rastro que a felicidade deixou! Vivamos!
    Lindíssimo poema!
    Beijos, com carinho!

    ResponderExcluir
  20. Boa noite, Eloah. Mais um belo poema onde a sua alma está exposta com tamanha naturalidade.
    O seu coração é teimoso, sofredor, ama intensamente, mesmo a dor existindo, mesmo com feridas abertas.
    A saudade do que poderia ser eterno, real, dos momentos que se foram, mas ficam no teu peito, como a trasparência de um rio.
    Um beijo grande, e fique na paz!

    ResponderExcluir
  21. seguindo seu blog
    me segui tbm
    http://intensamenteamor.blogspot.com/
    bjuss

    ResponderExcluir
  22. Poxa, parabéns pelo Blog. Fiquei admirado com tanta sensibilidade e domínio com as palavras, coisas as quais aprecio muito, além também do conteúdo do site, que por sinal é de muita qualidade e me agrada bastante. Sendo assim, não hesitei em segui-la.
    Quando tiver um tempinho, passa lá no meu também.

    http://essenciaego.blogspot.com/

    Um grande abraço.
    até mais.

    ResponderExcluir
  23. Eloah, tudo bem?

    Maravilhoso!
    Como já te falei, adoro teus poemas, repleto de figuras de linguagem que se entrelaçam. Parecem carregar o simples, mas são muito amplos, amiga! Fico admirada por aqui!

    como é difícil o sopro da saudade.
    O efêmero que queremos eternizar, mas ele está voando em qualquer lugar por aí, difícil prendê-lo... afinal, uma eternidade pode ser uma Eternidade ou alguns segundos.

    Beijos, Eloah, e ótimo fim de semana para ti e família!
    Tenho muito carinho por seus poemas!

    ResponderExcluir
  24. Cada palavra de seus poemas já traz em si um grande significado. E você as harmoniza com perfeição. Inspiração não lhe falta, querida. Está latente em sua alma poética.
    Obrigada pelo lindo comentário.

    Bjs.

    ResponderExcluir
  25. Amiga Eloah a saudade consegue ser aliviada quando recordamos momentos mágicos que marcaram a nossa vida.
    Bom fim de semana
    beijinhos
    Maria

    ResponderExcluir
  26. Eloah
    Em primeiro lugar queria agradecer o teu carinho constante para comigo em meu blog e também te pedir desculpas por nunca ter comentado nada aqui... me explico: vim aqui por diversas vezes, mas é a primeira vez que consigo abrir a página do seu blog completamente e ler um poema seu! De todas as outras vezes isso não foi possível, não sei por que, o que me deixou frustada. E os seus versos além de lindos parecem estar em sintonia com os meus, incrível! Ambos falam das saudades, que podemos querer evitar, mas que está lá, como vc disse em meu blog, pq algo nos marcou profundamente... é muito bom para mim poder vir agora aqui e conseguir ler os teus escritos e falar com vc!rs. Amei o seu cantinho, tão aconchegante, um beijo e um ótimo fim de semana para vc, até.

    ResponderExcluir
  27. Minha linda e querida amiga!
    Domingo é dia de visitar as pessoas que mais amamos e vc é uma delas.
    nossa!Vc arrazou nas escritas...tudo ficou lindo e instigante na saudade...imagem belíssima minha amiga...
    Um domingo prá ti espetacular!

    ResponderExcluir
  28. Um belo domingo e uma semana cheia de paz pra ti minha amiga,,,beijos e beijos.

    ResponderExcluir
  29. Saudade dói, mas é bom, sinal que vivemos algo bom.

    Um beijo Eloah!

    ResponderExcluir
  30. Oi Eloah, SAUDADE!!! Vivo desse sentimento, todos os dias, horas minutos e segundos. bom fim de semana, um grande abraço.

    ResponderExcluir
  31. O Blog é belíssimo, envolvente, cheio de muita ternura e amor
    quero estar flutuando entre versos lindos, sentido a ternura de que a vida
    é tão bela quanto eles.
    Felicidades !

    ResponderExcluir

De fragmento em fragmento vou compondo a minha história.Obrigada por fazer parte desta historia.

Fragmentos

Fragmentos

Recomeço

Recomeço