quarta-feira, 19 de outubro de 2011

Trago-te flores


Trago-te flores
Aqui os deixo.
Ficam-te os sonhos meus.
Não sem dor, minha alma se dobra, profunda e indefinida, e em lágrimas suspensas, se perde.
A luz como um facho de graça perene se apaga e o seguro passo de um sonho derradeiro, se ausenta.
Rompe-se o elo que se reparte e se espedaça.
È teu o silêncio.
Resta-me tão pouco.
Das minhas mãos vazias sobram somente quimeras.
Quero prender o tempo, mais ele se esvanece.
Não se ouve sequer o barulho da vida em movimento.

23 comentários:

  1. Olá, Eloha.Belas Flores! Bela forma de se expressar amor... Tem todo seu encanto e sensibilidade, querida poetisa. Bjos e todo meu carinho! Está lindo tudo aqui.

    ResponderExcluir
  2. Oi Eloah,

    o silêncio do outro esvazia nossas mãos,
    nossa alma e coração.
    O silêncio do outro nos deixa sem ação,
    sem saber retomar o caminho de volta...

    Lindo! Bjs amiga

    ResponderExcluir
  3. Oi, Eloah!
    Resta-me tão pouco.
    Das minhas mãos vazias sobram somente quimeras...
    Mas não esqueças: àquele que oferece flores, fica-lhe impregnado o perfume...
    Lindo, amiga!
    Bjs

    ResponderExcluir
  4. Que essas flores perfumem o tempo, a vida, a paz, a alma,,,e nos protejam com carinho....beijos de bom dia pra ti querida.

    ResponderExcluir
  5. Essas flores que nos troxo
    perfumaram este belo Jardim
    e também um pouco do nosso
    vou levar uma flor para mim

    Beijinho,
    José.

    ResponderExcluir
  6. Um ramo assim tão cuidado...é sempre cativante..
    Beijo

    ResponderExcluir
  7. Belíssimo post muito bom mesmo!

    Deixo um beijo e desejo a vc uma ótima tarde!
    Espero por vc no Alma!

    ResponderExcluir
  8. Conseguiste emocionar-me com lindo texto...subjetividade que desdobra nossas aguçadas percepções!
    "Quero prender o tempo, mais ele se esvanece.
    Não se ouve sequer o barulho da vida em movimento."

    "E que o tempo, sagrado livro, feche as nossas páginas, não somente com o efêmero, mas com o inimaginável"

    Abraços!
    http://divaedevaneios.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  9. Até o tempo que se vai, você conseguiu brindar com suas lindas palavras. E ainda ofereceu flores, quando abandonou o sonho.
    PARABÉNS, querida, pelo dia do POETA!

    Bjs.

    ResponderExcluir
  10. Minha querida

    O tempo corre tão rápido...e por vezes apenas restam silêncios nas mãos.
    Lindo como sempre...os teus poemas dizem-me tanto.

    Deixo um beijinho com carinho
    Sonhadora

    ResponderExcluir
  11. Querida Eloah,
    Simplesmente lindo!
    Parabéns por esta abençoada arte de colocar em versos tanto sentimento e emoção!
    Parabéns pelo DIA DO POETA!
    Beijos.

    ResponderExcluir
  12. O tempo foge mesmo, como água a escorrer por entre nossos dedos. Tudo passa tão rápido ainda que pareça que nada quase aconteça ...linda postagem.

    ResponderExcluir
  13. Lindo amiga!!
    Passando para deixar um carinho,
    uma linda sexta pra ti flor,
    Bjsss bjs

    ResponderExcluir
  14. Passando pra te desejar um Feliz dia dos poetas!!!!! nossa poeta linda, que tanto encanta os nossos corações! um dia feliz e cheio de belas inspirações, querida!!!

    Adoro tentar entender os sons dos poetas...nesse de hoje, creio que o silêncio também é bom, pois nele encontramos a sabedoria...

    Um beijo com todo o meu carinho!!!
    Liz

    ResponderExcluir
  15. Oi Eloah, tudo bem?
    Que lindo!
    Personagens maravilhosas essa flores, heim? Representando todos sentimentos profundos, o vazio, e a própria vida.
    Também profundo e belo, como as flores!
    Lindo mesmo!

    Eloah! Òtimos dias para ti e família :)
    Grande abraço!

    PS.: Que música maravilhosa de fundo, a ouvi num filme de cowboy com o Charles Bronson, me esqueci o nome do filme! Divina!

    ResponderExcluir
  16. Eloah,
    Quero convidá-la para participar do desafio que postei hoje no blog. Te espero lá. beijos

    http://euprecisotecontar.blogspot.com/2011/10/um-desafio.html

    ResponderExcluir
  17. Fechar os olhos de fora. Abrir os olhos de dentro. Olhar aqui dentro e poder enfim olhar lá fora.

    ResponderExcluir
  18. Oh...mas que blog LINDO!!!
    Desde o template, aos textos , imagens música...devras excelente. Voltarei.
    BJ

    ResponderExcluir
  19. Um final de semana repleto de poesia, amor e muitos versos de paz...beijos e beijos.

    ResponderExcluir
  20. Oi Eloah!
    Que as flores que deste, voltem para ti em forma de um amor!
    http://zilanicelia.blogspot.com/
    Abrçs

    ResponderExcluir
  21. Lindas flores e um belo poema!
    Beijos, amiga!

    ResponderExcluir
  22. ...com flores silvestres revelou, demonstrou imensa misericórdia, e o seu inefável amor....

    Um ramalhete de lírios
    deixo nos teus fragmentos.

    Se isso não for carinho, o que mais pode ser? ☼ღჱღ☼ღ☼ღჱღ☼

    ResponderExcluir
  23. Amei o poema, realmente você deixa-me maravilhada
    gosto de passar por aqui e deleitar-me com tanto encanto
    um belo final de tarde...bjinhoss
    Graça Barreto

    ResponderExcluir

De fragmento em fragmento vou compondo a minha história.Obrigada por fazer parte desta historia.

Fragmentos

Fragmentos

Recomeço

Recomeço