sábado, 17 de julho de 2010

ÉS TU



És Tu
Essência do meu ser
Ternura insuperável
Que inunda meus sentimentos.
Caminho construído e sonhado
Magia e âncora, perfeita,
Que agasalha o brilho das estrelas
Passeia entre o sonho e a fantasia
Floresce e refloresce a cada dia
Como tardes de domingo, sempre fossem.



És tu
A beleza serena,
O encanto permanente
E de todo sempre
Meu ato de fé
Fecunda expressão da vida,
Inteira, perene e sempre nova.
( Eloah Westphalen Naschenweng)

3 comentários:

  1. Texto poético muito interessante...
    muito além do real..
    Beijo

    ResponderExcluir
  2. Entre o sonho, fantasia e realidade, para o poeta não há barreiras..

    Lindo poema.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  3. Autumn ... she looks so sensitive. Pretty.

    ResponderExcluir

De fragmento em fragmento vou compondo a minha história.Obrigada por fazer parte desta historia.

Fragmentos

Fragmentos

Recomeço

Recomeço