sábado, 31 de outubro de 2015

BATON VERMELHO




Tocada de graça

Florescida sedutora
Vermelho batom.
De renda guarnecida
Lá vai ela!
Gosto de beijos
E desejos no olhar,
Estampado em pura paixão.
Audaciosa desfila assim
Por onde passa
Celebra a vida
Invadindo quereres.
Como um dia de festa
Traz dentro da alma
Urgências, premências
Convite e promessas.
No largo sorriso
Na boca  vermelho carmim
Carrega a ousadia
De ser o que é.