terça-feira, 24 de julho de 2012

Quem Sabe


Pudesse eu, diante do silêncio que paira, reter o tempo e este rastro de esperança que busca abrigo no meu coração.

Pudesse eu, plantar no espaço, desmanchadas as dores, a imagem doce deste meu sonho lindo que se espedaça.

Pudesse eu, sem mágoas, tecer a vida, mesmo que por um instante com todos os seus encantos, sem silêncios nem sombras.

Pudesse eu sentir mais uma vez a suave graça, o impulso delicioso, o tépido agasalho e a doce sensação de felicidade.

Pudesse eu fazer da partida, com delicadeza, um sopro de ausência e de saudade.

Quem sabe então, ao sentir a brisa, os cantos dos pássaros, as flores espalhadas pelo vento que cicia, os cheiros, os odores da natureza  e  a terra em festa, pudesse eu, na calma que a alma embala, ver a luz que se esconde atrás do infinito, e fazer deste tempo  apenas nuvem que ao céu revoa.




quinta-feira, 19 de julho de 2012

Amigo- Em homenagem ao amigo no seu Dia



Amigo (a) é o manso remanso e a preciosa proteção que concilia, ampara e tranquiliza.

Doura e anima as rotas viagens e mesmo que o coração discorde, mesmo que o pranto não venha, intimamente chora conosco, afaga de mansinho nossa alma, as marcas do medo, da solidão, da sensação das perdas, das tristes lembranças, do riso e do pranto.

Ufana-se com os nossos sucessos e a nossa felicidade, dividindo os mais bizarros sonhos - loucos delírios, fachos sagrados idealizados e todas as culpas imaginadas.

A chama generosa que acalenta seu afeto é viva, tocante, simples e sadia. 

Na serenidade emotiva e na manifestação do entendimento é o mensageiro da fé que enriquece a convivência, pacífica.

Traz consigo a cumplicidade franca, descontraída, sem ganhos ou perdas, ungida do verdadeiro sentido da palavra amizade.

É a mão que acaricia e o porto seguro, o abraço mais puro e a essência da presença de Deus perpassando e confortando os inquietantes desejos e acalentados sonhos que levamos  vida afora.
Amigo é isto e muito, mas muito mais.



domingo, 15 de julho de 2012

Risada



Abre-se o paraíso
Risada fresca
Idílio brejeiro,
Cobre de triunfo os ares.
Dança ao sol
Flutua de leve
Pura luz
Um novo encanto
Arrasta-me irresistivelmente
E paira sobre minha alma.


terça-feira, 10 de julho de 2012

Momento Inesquecível

SHOW DO ANDRÉ RIEU

Fotos de minha autoria, 
tiradas por ocasião 
do Show do André Rieu
São Paulo – Parque Ibirapuera em 08 de julho de 2012


Momento ímpar
Dom predestinado,
Coadjuvante e cúmplice 
da essência da beleza
Transcendência de puro êxtase.
Conforto gentil, 
mão divina que perpassa,
 poreja, agasalha,
 ilumina e gorjeia 
seus cantos de amor.





sexta-feira, 6 de julho de 2012

Musica



A música sempre me fascinou.

É como se fosse estar em lugares outros e o destino fosse menino e nós afortunados, a voltear brandos, em outras esferas e eras.

Algo sagrado que comove e vai penetrando através dos músculos e do sangue a nos levar além, em plagas outras, transformando nossa alma num lugar seguro e precioso, onde os anjos possam vir a descansar.


É  na sua amplitude – invisível, um círculo perfeito de repouso, catarse purificadora, que realça, regiamente com lirismo, o longo poema da vida que escrevemos.
Este final de semana estarei em São Paulo para assistir o concerto de André Rieu.Na volta compartilho com vocês este momento. Eloah